PREFEITURA NÃO REALIZARÁ CARNAVAL PARA PRIORIZAR OBRAS DE CONTENÇÃO DE ENCHENTE

PREFEITURA NÃO REALIZARÁ CARNAVAL PARA PRIORIZAR OBRAS DE CONTENÇÃO DE ENCHENTE


Publicado em: 13/02/2017 00:00 | Fonte/Agência: assessoria de imprensa Luis Carlos Munhoz

Whatsapp

 

A Prefeitura de Nova Independência divulgou nota nesta sexta feira (10) informando que não será realizado o carnaval 2017.
Segundo o Executivo, a medida faz parte das ações que têm como objetivo de priorizar as obras que deverão ser feitas para conter as enchentes no município.
A prefeita Thauana Duarte ressaltou que reconhece a importância cultural do carnaval, e que de contrapartida não deixará passar em branco a data, a garotada poderá curtir a matinê “carnaescolar”, que será realizado no dia 26 de fevereiro, no Coliseu.
“O momento é de diminuir gastos e priorizar, principalmente agora com essa enchente que ocorreu no município deixando varias famílias atingidas, seria uma incoerência realizar o evento. Nossa prioridade é atender as demandas em áreas essenciais e investir o dinheiro em prioridades, no caso, na obra que vai conter as enchentes”, ressaltou a prefeita”.
O dinheiro economizado, que chega a R$ 100 mil será aplicado nas obras de infraestrutura que irão desviar a água que vem do rural para a o córrego na lateral do município, evitando assim que esta água entre na área urbana.
“Vamos priorizar o dinheiro economizado com o carnaval e destinar a este problema que se perdura a mais de 20 anos e investir em qualidade de vida á população. Estamos ainda no começo da nossa administração reajustando alguns detalhes. Hoje a crise econômica atinge vários municípios, motivo esse que nossos vizinhos também cancelaram o carnaval. Não podemos realizar esta festa em um momento tão delicado. Tenho certeza que os moradores de Nova Independência vão compreender e abraçar essa causa juntamente conosco”, ressaltou a prefeita.
Já o secretário de Obras, Administração e Planejamento, Thiago Joanini, disse que varias cidades da nossa região cancelaram o carnaval com a finalidade de economia, “Se nosso município realizar a festa ele será sobrecarregado e consequentemente gastaria muito para atender as pessoas que virão de fora, nesse sentido o carnaval municipal perderá sua função, que no caso e manter o foco munícipes/família. Acreditamos que devemos fazer carnaval sim, mas no ano que vem para comemorar a passagem por períodos chuvosos sem enchente.
Solução: O município vai investir cerca de 800 mil na obra de contenção e desvio das águas pluviais na área rural, à medida que é auto suficiente para conter as águas pluviais na área urbana. Será adquirida a área necessária para fazer uma caixa de contenção, e assim desviar através de tubulações as águas ao córrego que corre lateral ao município, isso ira resolver esta situação que deixa a cidade assustada há anos, finalizou secretario Thiago Joanini.
Recursos: Do valor estimado a ser investido, o município já conseguiu, proveniente do pedido da ex-prefeita Neusa Joanini, R$ 500.000,00 do Ministério das Cidades, na época ainda com o ex-ministro Gilberto Kassab, que será investido nas tubulações, os demais recursos, que serão do recurso próprio, serão para aquisição da área e caixa de contenção.